14 de abr de 2011

UJS no 59º CONEG da UNE


UJS marca presença e defende suas principais 
bandeiras nacionais no 59º Coneg da Une


 A União da Juventude socialista reune sua bancada nacional em torno do Movimento "Transformar o sonho em realidade", tivemos discussões valorosas e lançamos nosso movimento para o 52º Congresso da UNE. A Bancada "Transformar o sonho em realidade" era a maior do congresso e puxou palavras de ordem que deram ritmo as discussões entre as forças presentes.

O 59º CONEG da UNE contou com a presença de mais de 450 DCE's do país inteiro, entre universidades federais, estaduais e particulares. Contou com a presença e contribuição do ex-ministro Celso Amorim que falou um pouco sobre política internacional. Além do proposto falou sobre a "auto-censura" da imprensa que publica mais o que convém e menos o que não convém e afirmou que existem questões em que o país está muito atrasado, como em discussões raciais.

" A presença do Brasil é muito importante." Cristovam Buarque

O ex-ministro celso Amorim ao relatar sua experiência internacional falou uma frase que arrancou aplausos dos jovens das mais variadas forças que estavam presentes: " Em política externa não basta ter boas idéias, mas tem que se lutar obstinadamente por elas, porque a maré é sempre contrária." Na abertura para falas e debates houveram contribuições importantes e entre o que foi colocado marcou a fala de um jovem chamado Guilherme que ao tratar da vinda do Presidente Obama ao Brasil lembrou uma fala do ex-presidente Lula: " Não falo manso com os EUA e nem grosso com a Bolívia".

As discussões giraram muito em torno de um movimento estudantil que fosse anti-imperialista e que defendesse a américa do sul. O teatro da UNIP ficou cheio durante um final de semana, muito produtivo em que jovens se reuniram para discutir Brasil.

" Estudante na rua qual é sua missão? 10 % do PIB pra educação." UJS

O CONEG cumpriu ainda o seu papel que foi convocar o 52º Congresso da UNE, aprovou seu regimento e ouviu a contribuição dos presentes. O presidente Augusto Chagas fez a leitura completa deste além das moções aprovadas no congresso e da Carta de Assistência Estudantil, também aprovada no congresso. Foi bastante discutido o papel dos DCE's na rede da UNE, e a contribuição do Movimento Estudantil na construção da nação. A UEE de Minas fez também durante o CONEG o seu CEEB a fim de construir a pauta unificada de Minas e dar os informes sobre o Congresso da UEE, que ocorrerá antes do CONUNE.


" Vem pra UJS, vem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário