11 de ago de 2010

Dilma e a juventude #galera da Dilma

A candidata Dilma Rousseff lançou no último sábado (7) seu Programa de Governo para a Juventude e destacou educação, internet e combate às drogas como pontos prioritários.

Diante de centenas de pessoas da comunidade de Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, e também de militantes das juventudes partidárias, Dilma apresentou no Dia da Juventude com Dilma uma série de propostas que irão nortear seu governo caso seja eleita. Como principais prioridades, a petista elegeu a educação, melhoria do ensino médio, expansão do acesso a universidade e escolas técnicas, emprego, centros de vivência juvenil e praças da juventude.

Dilma afirmou que o jovem é a solução para o Brasil e que o crescimento do país não pode acontecer sem incluir essa parte importante da população, principalmente daqueles que vivem nas áreas mais carentes. “Precisamos de educação para cada um dos jovens. Não queremos que o jovem da favela seja discriminado”.

A União da Juventude Socialista (UJS) também marcou presença no ato e, segundo o presidente da entidade, André Tokarski (na foto, com Dilma), esse programa de governo consolida o protagonismo da juventude no processo eleitoral. “Tivemos inúmeros avanços no Governo Lula, mas a dívida social que o Brasil tem com a educação é enorme. Apenas 12 % da juventude tem acesso a universidades. Os desafios do governo serão a expansão do acesso à universidade e às escolas técnicas federais”.

Além do compromisso com a Educação, Dilma pretende implantar no país o acesso à banda larga nos moldes do programa Luz para Todos, que levou energia elétrica até as regiões mais afastadas dos grandes centros. Ela também mencionou o combate às drogas, principalmente ao crack, com a criação de clínicas de recuperação e o reforço às campanhas de conscientização.

No próximo dia 13, a #ondavermelha
Dilma Rousseff aproveitou seu discurso na Cidade de Deus para lembrar toda a militância que no próximo 13 de agosto, sexta-feira, é dia de sair às ruas com as cores de sua campanha e disseminar a Onda Vermelha. Vestir sua camisa, hastear sua bandeira e usar no Twitter a hashtag #ondavermelha é uma das inúmeras formas de demonstrar o apoio à candidatura que simboliza a continuidade dos processos de mudança no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário